Quem aceita todos seus defeitos, merece todas suas qualidades.
Renascendo. 
1 day ago . 6,656 notes . reblog
Uma bela rosa no jardim sem cuidados, se fecha e morre cedo. Uma pessoa com o coração grande com gente que não sabem cuidar, um dia se fecha e dificilmente se abrira de novo.
Cuide da rosa. 
4 days ago . 1,260 notes . reblog
Fui à biblioteca e tentei encontrar livros sobre o que fazia com que as pessoas se sentissem do jeito que eu estava me sentindo. Mas os livros não estavam lá, ou, se estavam, eu não podia compreendê-los. Ir até a biblioteca não era nada fácil, todos pareciam tão confortáveis: os bibliotecários, leitores. Todos menos eu.
Charles Bukowski. 
4 days ago . 7,424 notes . reblog
Ele era sol, ela era lua. Ele era açúcar, ela era sal. Ele era a escuridão, ela a claridade. Ele era pra momento, ela era pra vida toda. Ele era caseiro, ela era da rua. Ele era livro, ela era a literatura. Ele era vou fazer, ela era já fiz. Ele era de praia, ela da praia. Ele era corpo, ela era mente. Ele era carro, ela era bicicleta. Ele era dor, ela era cura. Ele era choro, ela era riso. Ele era poça, ela já era o rio inteiro. Ele era raso, ela era profundidade. Mas quando os dois se juntavam, nego… Não tinha pra ninguém.
Jardineiro. 
1 week ago . 1,019 notes . reblog
É difícil me iludir, porque não costumo esperar muito de ninguém. Odeio dois beijinhos, aperto de mão, tumulto, calor, gente burra e quem não sabe mentir direito. Não puxo saco de ninguém, detesto que puxem meu saco também. Não faço amizades por conveniência, não sei rir se não estou achando graça, não atendo o telefone se não estou com vontade de conversar.
Caio Fernando Abreu. 
1 week ago . 4,120 notes . reblog
Ás vezes você levanta da cama de manhã e pensa: eu não vou conseguir; mas você ri por dentro lembrando de todas as vezes que se sentiu assim.
Bukowski. 
1 week ago . 41,613 notes . reblog
Eu quero crescer. Juro, quero mesmo. Quero aprender línguas que não sei. Quero conhecer novas culturas, povos, lugares. Quero me desapegar do velho. Quero não me fechar para as mudanças e para o novo. Quero não acumular rancores nem alimentar mágoas. Quero aprender a me pedir desculpa. Quero abandonar algumas saudades. Quero aprender a conviver com o que não posso modificar. Quero me mover mais e mais e mudar o que está ao meu alcance. Quero pouco e quero muito. Quero nada e quero tudo. Quero esquecer o que precisa ser esquecido. Quero nunca deixar de sorrir. Quero aprender a descascar laranja. Quero perder o medo de trovão. Quero ir. E vir. Mas nunca, nunca mesmo, deixar de sentir.
Clarissa Corrêa. 
1 week ago . 37,667 notes . reblog
Tem gente que vai embora cedo demais. Outros decidem voltar tarde demais.
Dois tons de amor  
1 week ago . 6,264 notes . reblog
Choro fácil demais. Tenho sentimentos de sobra. Sou frágil e tenho dó de todo mundo. Sou bonzinho até demais e sentir demais sempre me atrapalha.
Marcello Henrique.  
1 week ago . 8,001 notes . reblog
Pra onde vão os nossos silêncios quando deixamos de dizer o que sentimos?
Eu me chamo Antônio.  
1 week ago . 1,015 notes . reblog
REVEJO ©